Radiofrequência para Celulite

A celulite e a flacidez corporal “incomoda” cerca 85% do universo feminino e surge principalmente nas nádegas, coxas e ancas revelando-se muito inestética e emocionalmente desgastante para as pessoas afetadas.

Na última década, tem surgido alternativas terapêuticas capazes de diminuir e melhorar o aspeto “casca de laranja”, sendo que, no mundo das inovações estéticas capazes de combater este flagelo feminino destaca-se um tratamento pela sua eficácia: a radiofrequência para celulite.

Esta solução é extremamente eficaz para quem luta contra a tão temida flacidez, que aparece quando a pele ou os músculos perdem a sua tonicidade ou elasticidade devido a vários fatores: gravidez, obesidade, oscilações bruscas de peso e má alimentação. Esqueça as dietas mirabolantes e o exercício exagerado, que podem prejudicar a sua saúde! A radiofrequência para celulite é o tratamento indicado para alcançar um corpo perfeito porque trata e previne a flacidez corporal, as gorduras localizadas e a celulite. É, também, ideal para o tratamento de estrias.

Não desanime… a Radiofrequência para celulite é a solução!

A radiofrequência no tratamento da pele promove, simultaneamente, a redução da quantidade de gordura e a diminuição da flacidez cutânea. Esta inovação médico-estética proporciona os melhores resultados no rejuvenescimento e na remodelação corporal com um número reduzido de sessões e sem recurso a técnicas invasivas e cirurgias plásticas.

Radiofrequência para Celulite

Os resultados da radiofrequência para celulite são visíveis desde a primeira sessão e revelam-se bastante satisfatórios para quem usa esta terapêutica aumentando a sua auto-estima e a motivação para continuarem os tratamentos. São necessários três a dez sessões em cada zona sujeita à radiofrequência para celulite. O número de sessões depende do objetivo definido, dos resultados e da resposta corporal de cada individuo sujeito ao tratamento. Recomenda-se uma sessão semanal, cuja duração varia entre os 20 e os 40 minutos, e para a manutenção dos resultados devem ser realizadas tratamentos de radiofrequência para celulite anualmente.

Como funciona a Radiofrequência para celulite?

O aparelho de radiofrequência para a celulite emite ondas de alta frequência, nas camadas gordas das áreas intervencionadas, aumentando a temperatura da pele para 38º/40º. Desta forma, força as células a libertar o seu conteúdo de gordura liquida, obrigando-as a encolher e a contrair.

Estimula, também, a atividade dérmica, o que origina um aumento da produção de colagénio dando maior firmeza à pele. A contração das células gordas reduz a aparência da celulite e o perímetro das áreas sujeitas ao tratamento. É um procedimento não invasivo e indolor. O calor gerado pelo aparelho de radiofrequência para celulite não é desconfortável e não prejudica o organismo. É um método seguro e eficaz com resultados surpreendentes!

A radiofrequência para celulite ajuda a:

  • Melhorar a aparência e a hidratação da pele;
  • Melhorar a produção e qualidade de colagénio;
  • Melhorar a micro-circulação e a oxigenação da pele;
  • Acelerar a eliminação de toxinas;
  • Combater a gordura localizada e a flacidez nas áreas intervencionadas;
  • Melhorar a firmeza da pele eliminando o efeito “casca de laranja”.

A radiofrequência para celulite é um tratamento que, para a maioria dos pacientes não tem contra-indicações, mas não deve ser realizado em pessoas portadoras de próteses metálicas, implantes eletrónicos, grávidas e com diagnóstico de tumores malignos ativos ou recentes. Após a sessão de tratamento é possível manter todas as atividades diárias normais, sem quaisquer restrições.

Comentários recentes...